Segunda-feira, 10 de Março de 2008

Inquéritos aos fundanenses

Olá a todos!

Estamos de volta ao trabalho e está na altura de mostrar alguns "frutos" do que temos vindo a desenvolver no nosso projecto! Chegou finalmente o post relativo à análise dos inquéritos (já há tanto anunciada!).

Recordamos que já publicámos no blogue um exemplar deste inquérito. Podem também consulta-lo em http://xanitaest.googlepages.com/inqu%C3%A9ritos
Apesar do imenso trabalho que o tratamento dos dados nos deu, foi uma etapa essencial para a fundamentação do nosso trabalho.
I - Energias Renováveis
A maioria da população fundanense estudada sabe o que são energias renováveis, no entanto, ainda uma considerável percentagem de população em estudo desconhece estas energias, o que nos leva a concluir que ainda temos um longo caminho a percorrer em matéria de Energias Renováveis.
Na faixa etária das crianças verifica-se que a maior parte sabe o que são energias renováveis, mas ainda 40% as desconhece. Concluímos que é necessário alertar a população mais "pequena" para o papel fulcral que as renováveis têm nos dias de hoje em todo o Mundo. Visto que as crianças são o futuro, é necessário sensibilizá-las neste sentido.
A nível dos adultos a situação apresenta-se animadora, visto que apenas 13% desconhecem o que são energias renováveis. Esperamos que o nosso trabalho possa contribuir para diminuir esta percentagem, pois acima de tudo temos o dever de informar e incentivar a população a nível energético.
Considerámos este um resultado animador, pois uma vez que temos uma grande percentagem de população idosa na nossa cidade, concluímos que esta se mantém minimamente informada relativamente às energias renováveis.
"Um "gráfico" vale mais do que mil palavras..."! Apenas 1% da população em estudo considera as energias renováveis prejudiciais. Este resultado poderá ser o ponto de partida para o desenvolvimento destas energias na nossa cidade.
Concluímos que o conhecimento da população não é apenas superficial, pois apresentam-nos razões plausíveis justificando o facto de considerarem as energias renováveis benéficas.
Apesar da maioria da população em estudo estar a par das energias renováveis em desenvolvimento e expansão na nossa cidade, ainda uma parte considerável da população em estudo desconhece este assunto, o que nos leva a concluir que apesar de haver conhecimento sobre o que são as energias renováveis, os fundanenses ainda não estão devidamente informados das existentes na nossa cidade e dos benefícios, ou não, que estas podem trazer.
Entre a população que tem conhecimento das energias em desenvolvimento no Fundão, a grande maioria refere a energia eólica. A solar é referida por 8% da população em estudo, mas temos que ter em conta o facto desta apenas ser adoptada por particulares para as suas habitações, o que não é um factor de desvalorização mas que deve ser analisado/adoptado também a nível de entidades públicas.
Ainda entre a população que tem conhecimento das energias em desenvolvimento no Fundão, é de salientar que 99% concorda com a sua utilização na nossa cidade.
A nível desta pergunta, os resultados são animadores pois apesar de pouco divulgada, esta energia renovável começa já a ser conhecida pela nossa população.
Os resultados desta pergunta levam-nos a concluir que, apesar de ser uma energia em progressivo desenvolvimento na nossa cidade, por parte de uma empresa que optou por apostar na mesma, a população encontra-se menos informada acerca da energia geotérmica do que acerca do biodiesel.
Entre a população com conhecimento da energia geotérmica, as principais vantagens apontadas são o facto de não ser poluente e de proporcionar maior conforto e menor custo.
A nível das desvantagens da energia geotérmica, as mais apontadas foram o facto de ser dispendiosa e de depender das condições geográficas.
Pelo seu crescente desenvolvimento nas serras do concelho do Fundão, a energia eólica é largamente conhecida pela população em estudo.
Como vantagens da energia eólica são principalmente referidas o facto de não ser poluente e de não se esgotar.
São principalmente apontadas como desvantagens a poluição visual e a sonora, que já tiveram alguma contestação a nível da população fundanense.
Apesar da maioria da população em estudo conhecer a Arquitectura bioclimática, regista-se ainda um considerável desconhecimento a este nível. Concluímos que é necessário reagir a de forma a informar a população acerca deste assunto e a incentivar a Câmara Municipal para que tome medidas a (por exemplo, os incentivos referidos pela Arquitecta Ana Cunha durante a entrevista). Estes resultados permitem-nos apresentar a nossa proposta da "Casa da Cereja" como essencial à nossa cidade visto que seria um exemplo a seguir por públicos, privados e até particulares.
Entre a população que está a par da Arquitectura Bioclimática, as principais vantagens apontadas são o facto de economizar energia e proporcionar conforto.
Relativamente às desvantagens, a única apontada é o facto de ser uma arquitectura bastante dispendiosa, daí termos referido à Arquitecta Ana Cunha a possibilidade da criação de apoios ou incentivos da Câmara Municipal a este nível.
Concluímos que a maioria da população em estudo, que conhece esta Arquitectura, concorda com a sua aplicação na nossa cidade. Mais uma vez, estes resultados reforçam a importância de um exemplo para toda a população como seria o da "Casa da Cereja".
II - Eficiência Energética
O Inverno é, sem dúvida, a estação do ano em que a população fundanense consome mais energia eléctrica, especialmente para aquecimento das habitações. Mais uma vez a Arquitectura Bioclimática se apresenta com inovadora a este nível permitindo uma grande diminuição do consumo energético para aquecimento e arrefecimento da casa, uma vez que permite a manutenção de uma temperatura amena na habitação.
A climatização apresenta-se, mais uma vez, como parte importante do consumo energético das habitações.
Também estes dois sectores se apresentam com uma grande percentagem de gasto energético nas habitações fundanenses.
Numa região em que o clima se caracteriza por "picos de temperatura", grande parte da população reside em habitações que não são minimamente adequadas ao clima.
Entre a população que considera residir em habitações adequadas ao clima da região, verificamos que as residências possuem apenas, na grande maioria das vezes, ou isolamento apropriado ou vidros duplos, o que, separadamente, é insuficiente para o completo aproveitamento energético nas habitações.
Entre a população que não considera residir em habitações adequadas ao clima, verificamos que se deve grandemente ao facto dos materiais de construção não serem adequados e ao facto de serem residências antigas.
Verificamos que a maioria da população já se preocupa com a poupança de energia nas suas habitações, mas que ainda uma considerável percentagem de população põe de parte esta questão.
Entre a população que se preocupa com as questões energéticas, é na maioria das vezes a nível da iluminação e da eficiência dos electrodomésticos.
Até à proxima!
Grupo Alexandra e Marília - "O Fundão e as novas soluções energéticas"
sentimo-nos: cansadas...
publicado por fundaokreativo às 20:09

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Março de 2008

...

Carta dirigida à Sociedade Ponto Verde e às Àguas do Zêzere Côa

5d4tg.gif (10565 bytes)

No âmbito do nosso trabalho realizámos uma carta endereçada a duas associações, onde solicitamos colaboração e ajuda para realizar o nosso "Dia da Reciclagem no Fundão", deixamos aqui o exemplar:

Excelentíssimos Senhores

 

Somos duas alunas da Escola Secundária do Fundão, Carolina Gonçalves e Sara Pires, do curso de Ciências Sociais e Humanas de 12º ano.

 

No âmbito da disciplina de Área de Projecto, escolhemos como tema a "Reciclagem" - "O Portal da Reciclagem no Fundão",onde pretendemos como produto final a realização do "Dia da Reciclagem no Fundão" que se realizará no dia 10 de Abril. Com a organização de jogos didácticos para as crianças, palestras e questionários desejamos atrair a atenção das pessoas para uma maior adesão a este fenómeno que é bastante importante para um Mundo Melhor.

 

Através das nossas pesquisas chegámos à conclusão que o Fundão é uma cidade já bastante adepta da Reciclagem e que ao longo dos anos têm vindo a aumentar os números de resíduos depositados nos ecopontos...mas reciclar nunca é demais!

 

Sendo assim, gostariamos que nos apoiassem nesta iniciativa, com alguma ajuda material, mais especificamente com panfletos e alguns brindes para podermos distribuir às crianças, já que depositamos nelas uma grande carga de esperança, pois são consideradas o futuro! Caso estejam interessados em participar nesta iniciativa ficariamos bastante orgulhosas de ter alguém com tanta influência na sociedade a colaborar connosco e com a nossa cidade!

 

Agradeciamos a vossa ajuda e colaboração para que o nosso trabalho obtenha sucesso e seja mais enriquecido!

 

Obrigada pela atenção***

 

Ps: Estamos a participar (juntamente com outros colegas de turma) no Concurso “Cidades Criativas”, organizado pela Universidade de Aveiro no qual foi necessária a construção de um blog, onde poderemos divulgar a "Sociedade Ponto Verde"/ "Àguas do Zêzere Côa".

 

Blog:  http://fundaoKreativo.blogs.sapo.pt

Crupo: Carolina e Sara "O Portal da Reciclagem no Fundão"

jtrashy2.gif (3244 bytes)

sentimo-nos: apaixonadas...
publicado por fundaokreativo às 11:21

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 3 de Março de 2008

Emissão da RCB

Olá mentes criativas!

Como o fim-de-semana já terminou é hora de voltar ao trabalho! (Não é que tenha sido um fim-de-semana de descanso...!)

Como anunciámos na passada quinta-feira, o programa "Dias de Escola" com os fundaoKreativo irá ser emitido esta quarta-feira, dia 05/03/08 pelas 19:00 horas, na RCB.

Devem estar a interrogar-se sobre a melhor maneira de o poderem escutar o nosso programa...É facil! Basta acederem a http://www.rcb-radiocovadabeira.pt/ e escutarem a "Emissão online"!

Esperamos que gostem do programa com o nosso grupo!

Admitimos que estamos ansiosos por escutar o resultado final!

Até quarta-feira!

sentimo-nos: ansiosos
publicado por fundaokreativo às 20:51

link do post | comentar | favorito

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.queres saber quem somos?

.spot de reflexão

estusiasmo acima de tudo...

.tags

. todas as tags

.posts recentes

. O nosso trabalho - Menção...

. III Mostra de Ciência

. a chegar ao fim :(

. III Mostra de Ciência e P...

. Dia da Reciclagem no Fund...

. Relatório e poster

. Afastamento dos jovens da...

. Entrevista com a senhora ...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.links

.o que procuras?

 
blogs SAPO

.subscrever feeds